sábado, 1 de novembro de 2008

São João da Barra está querendo inovar, pelo menos por aqui.

Deu no jornal O Diário (leia aqui) que a Câmara Municipal de São João da Barra publicou decisão no Diário Oficial determinando que a partir da próxima legislatura que se inicia agora em 1.º de janeiro de 2009, todo vereador mais votado será automaticamente o presidente da casa no biênio. Isso é mais do que casuísmo, é oportunismo. Não se pode e nem se deve modificar as regras do jogo com ele sendo jogado. Fica a pergunta para que eleição no segundo biênio? Fica a sugestão de entregar ao segundo colocado o segundo biênio e nenhum dos dois terá direito a reeleição na legislatura futura caso vença.
Isso é inconstitucional além de imoral, se querem fazer esse tipo de mudança, pelo menos que respeitem as regras de que as decisões devem servir tão somente a legislaturas futuras que não tenham sido já realizadas. Estão decidindo regras com o jogo jogado e vencido.
Nesta situação quem será o próximo presidente da Câmara Municipal será Neco que é do PMDB e teve 1.240 votos válidos, só para lembrar PMDB é o mesmo partido da prefeita reeleita Carla Machado.

E a nota do jornal já da uma pala... se a moda pega!!!

FAFIC ameaçada de invasão na sexta-feira.

A violência aqui em Campos está numa escalada assustadora. Nesta última sexta-feira as 21horas e 45 minutos a Faculdade de Filosofia de Campos recebeu um comunicado que uma das comunidades carentes (favelas) ao seu redor iria invadira as instalações do estabelecimento de ensino. Na dúvida a direção resolveu não pagar para ver e determinou que as instalações fossem evacuadas o que causou pânico em alunos e professores. A instituição foi fechada, e não se sabe se era verídica ou não a informação.
Com a escalada de violência não dá para duvidar e muito menos pagar para ver...