sábado, 25 de outubro de 2008

Marcos Barcellar a figura do momento.



Anotem este nome MARCOS BARCELAR, ele esta ocupando um espaço novo que esta se abrindo, o vereador mais votado em seu segundo mandato e atual presidente da Câmara Municipal, esta sendo inteligentíssimo.
Estrategicamente não aceitou acordo com Garotinho para se passar para o lado de Rosinha, convite que teve como mensageira a sua colega de banco escolar dra. Rosely Pessanha.
Certamente, com uma possível vitória de Rosinha Garotinho na eleição de 2008, Barcelar vai para a oposição nesta nova legislatura, se a vitória for de Arnaldo Vianna, depois de sua função de coordenador e financeiro na reta final da campanha, será o que ele quiser.
Ele sabe que a cidade esta sem um líder, os que têm ai estão desgastados, aguardem Barcelar porque ele ainda vai fazer história.

A coisa esta se afunilando, é chegada a hora.

O resultado da pesquisa do Ibope com números favoráveis a Rosinha divulgados pela InterTV nesta noite de sábado, os mais de 8 minutos de veiculação no rádio e na tv de propaganda eleitoral ganhos por Rosinha Garotinho contra Arnaldo Vianna, cumulado com os acontecimentos desta semana como o assassinato de uma correligionária do PMDB sepultam as pretensões de muita gente.
Tem empresário e empreiteira já jogando a toalha.
Tem político eleito e outros não eleitos já passando constantemente pela Lapa, com vontade de chegar.
Tem secretário municipal a procura de canal de comunicação para se aproximar.
O único cuidado que tem que ter é não fazer bobagem e nem botar salto alto, como diz a deputada Sidinha Campos, continuar batendo na porta da casa dos eleitores, só depois é que bate com a porta na cara deles.
Seja quem for o eleito, deve ter um único compromisso, governar essa cidade para a população como um todo, quem for eleito terá essa função.

Alguns números da eleição.

São 30 o total de cidades que terão eleição de 2.º turno, !0 capitais e 20 municípios, do total, 11 capitais, todas as cidades tem mais de 200 mil habitantes.
Belém, Manaus e Campo Grande formam as únicas cidades que o TSE entendeu merecer receber força militar especial.
As proibições de uso de camisetas, bonés, máquina fotográficas e celulares, continua.
Em Campos a proibição de estacionar a menos de 50 metros do local de votação continua.
A previsão do TSE é que às 20 horas de domingo todos os prefeitos já sejam conhecidos.
A expectativa do presidente do TSE é que a eleição transcorra com total tranqüilidade.

A preocupação e a insegurança.

O clima na cidade de Campos dos Goitacazes é muito tenso, jornais do Rio noticiam hoje que essa é a mesma preocupação do presidente do TRE-RJ desembargador Alberto Motta Moraes, presidente do mesmo Tribunal que negou no inicio do mês o pedido feito em conjunto pelos Juizes da cidade ao envio de tropas federais.
Solicitar prudência e equilíbrio é pouco, muito pouco.
A instabilidade política na cidade já vem desde 2004, com os sucessivos acontecimentos escândalos que envolveram políticos e empresários que são os maiores responsáveis e tem que ser punidos.
A luz amarela esta acesa, é um sinal de alerta, esperamos que vidas não sejam ceifadas.
NOVA POSTAGEM
A mulher assassinada em Guarus, foi executa por engano, por uma coincidência de vestir roupa igual a que estava sendo procurada e esta registrou BO na 146º Delegacia de Guarus.

A pergunta que não quer calar...

Se o TSE se reunir em Brasília neste sábado as 15 horas em reunião extraordinária conforme foi noticiado e os ministros resolverem julgar o processo mantendo a impugnação do registro da candidatura de Arnaldo?
Nos teremos que mesmo assim ir as urnas no domingo?

Ta tudo jururu. Ta tudo dominado.

O que tem de neguinho e branco de cabeça baixa, não é brincadeira.
Do jeito que a coisa vai, muita arrogância vai ficar pelo caminho.
Muita boquinha vai ficar desocupada, mas só por pouco tempo, logo logo será ocupada por outro ou outra.
Também muita carreta importada terá que ser vendida.
Mas esperança é a última que morre.
Falta exatos 66 dias para o final do governo de Alexandre Mocaiber.

Meu pensamento a respeito do debate da InterTV

Lamentável, sofrível ver o desempenho de Arnaldo Vianna.
Rosinha Garotinho massacrou, deu um banho em Arnaldo.
Esta é uma opinião sem partidarismo.
Uma opinião de telespectador que não é e nunca foi empregado público.
Arnaldo perdeu todas as oportunidades, não passou firmeza, estava todo tempo inseguro, algumas vezes custou a formular a pergunta, falava frases prontas e de efeito como ¨votem em Arnaldo¨ e ¨confiem em Arnaldo¨ coisas que não funcionam mais.
Em todos os assuntos abordados Arnaldo foi mal.
Rosinha da demonstração de experiência, no inicio estava nervosa, demonstrou tensão, mais aos pouco foi ficando cada vez mais confiante e sobrou arrogância.
Respondeu a tudo que foi perguntado, não praticou ¨embromeichon¨.
O debate não serviu para modificar o que já deve estar decidido pelo eleitor.
Colaboraram nos últimos dias para prejudicar Arnaldo, o debate da Record, as pesquisas clandestinas, a esperada reunião e resultado do TRE-RJ, o assassinato de uma correligionária executada em Guarus, e em especial o ¨nada a lugar nenhum¨, isso foi magistralmente explorado pela Rosinha que massacrou Arnaldo.
Mas o jogo ainda não acabou.
As urnas só fecham as 17 horas de domingo.
O que se espera de qualquer um dos candidatos é que depois de eleito seja prefeito da cidade de Campos dos Goitacazes e não de meia dúzia de apadrinhados.