domingo, 26 de outubro de 2008

Rosinha Garotinho VENCE, Arnaldo Vianna PERDE.

Já era esperado, as pesquisas anunciaram.
Rosinha quebrou a regra de que todo que vencia no primeiro turno perdia no segundo.
Um contingente eleitoral de eleitores esta lhe dando um voto de crédito e foi a ela tão somente, por isso ela teve que deixar Garotinho em casa.
Rosinha não esta levando um cheque em branco, mas sim um cheque que só esse mês foi depositado em conta mais de 53 milhões de reais.
O que se espera da prefeita eleita é que cumpra as promessas feitas em campanha.
Cumpra também o que não prometeu, governar para a população como um todo, esquecer de vez as picuinhas partidárias e pessoais, separar com justiça o joio do trigo e apurar tudo que for possível apurar, não poupando nada nem ninguém nas administrações anteriores.

Saem vitoriosos Rosinha e Garotinho.

Arnaldo Vianna volta a ser deputado federal, mas fica com a marca de que perdeu a eleição e perdeu a eleição sentado na cadeira, com a caneta cheia de tinta, com apoio do governo Federal e Estadual e com o apoio do partido do Presidente da república.
Arnaldo perde e muita gente perdeu com ele.
Mas porque perdeu?
Muitos foram os motivos nítidos e claros, mas como ensinar a um político como ele que há pouco mais de dois anos se elegeu deputado federal sub judice e esta até hoje cumprindo seu mandato e que também sub judice concorre a prefeitura, chegando até o final do pleito.
Arnaldo teve contra si, os dois piores cabos eleitorais possíveis, a mãe de seu filho Ilsan e o prefeito Mociaber, a primeira por ter ele abraçado a candidatura de vereadora e o segundo por não ter conseguido descolá-lo de sua imagem.
Agora é voltar para Brasília e terminar seu mandato.

O dia da eleição... LEIA ALGUMAS NOTAS.

1. A cidade esteve tranqüila pela parte da manhã.
O sol quente e a pouca umidade do ar, parece que espantou as bocas de urna, a rápida permanência nas urnas também é um outro fato que esta trazendo a tranqüilidade nas seções eleitorais.
Por vota do meio dia, circulei pelos pontos normalmente mais movimentados como: Liceu, Ciep do Parque Aurora, Escola Estadual Thieres Cardoso, antigo IEPAM, CEFET, Escola Estadual José do Patrocínio e constatei que não havia nenhum tumulto.
2. Da central de boatos.
Segundo a minha informante Mary Help, eleitora de Arnaldo, por telefone, muito revoltada disse ter ficado sabendo que Arnaldo Vianna esta querendo mesmo é perder a eleição, e que teria feito um acordo com Rosinha Garotinho de aceitar assumir a Secretaria de Saúde e para cumprir o trato, levou para votar com ele o prefeito Alexandre Mocaiber, Mary prometeu ligar confirmando a informação.
3. O que esperamos da candidata Rosinha Garotinho é que a deputada Cidinha Campos seja mentirosa quando diz: ¨Ela que hoje bate na porta da casa do eleitor, vai bater com a porta na sua cara¨. Soou mal a declaração de que seria a primeira presidente do Brasil dada ao jornal O DIA, já vimos esse filme, foi na esteira da ambição de seu marido. Rosinha esta tendo outra chance, será que Garotinho teria outra chance também?
4. Ao que tudo indica o PT não fará a quantidade de prefitos que imaginava. Perde São Paulo Capital (a maior cidade da América Latina). Luiz Inácio com a popularidade pessoal e de sue governo ultrapassando a casa dos 80% não conseguiu transferir votos na mesma proporção. Como medo Luiz Inácio não gravou, nem posou para nenhum outro candidato que não fosse Martha Suplicy, por isso não gravou, não posou e nem veio a Campos.
5. Para qualquer um dos candidatos que vier a ganhar este pleito, será facil, muito facil fazer um bom governo e ser reconhecido, a cidade e a populção estão precisando de tudo, portanto o pouco que for feito já será muito e muito que fizerem já dará para garantir uma reeleição ou faz o sucessor.

É CHEGADA A HORA...

Hoje Campos dos Goitacazes e mais outros 30 municípios pelo país afora, voltam as urnas para resolver o nosso futuro pelos próximos quatro anos.
Pelos menos é isso que torcemos e esperamos.
Esqueçamos os últimos quatro anos, onde tudo foi vergonha, tristezas e dissabores.
Que o eleitor não esqueça a máxima: VOTO NÃO TEM PREÇO, TEM CONSEQUÊNCIA.
Do vencedor só esperamos que governe essa cidade sofrida, com uma população humilhada, envergonhada e desiludida, pensando no todo.
Sem alternativa, entregamos nosso destino nas mãos de DEUS e façamos nossa parte, votemos. Seja o que ele quiser...