terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Justiça sempre, impunidade nunca.

Não sou adepto de se ficar chorando pelo leite derramado, muito menos ficar lamentando o que passou, também não concordo em se ficar olhando pelo retrovisor, a fila anda e anda muito rápido, portanto temos que olhar é para frente. O ano acabou e com ele acabou-se uma série de coisas e pessoas. Mas não é porque penso assim que concordo com a impunidade, não é isso, não é bem por ai. A Justiça esta ai e ela foi feita para julgar os atos, os fatos e as pessoas, caso contrário ela não faz sentido. O judiciário campista deve uma satisfação à sociedade local. Muitas coisas estão paralisadas e não pode continuar. O escândalo da venda do supermercado Roncetti é uma delas, somente uma dentre muitas. O judiciário local tem que dar uma resposta a este processo, ele não poderá continuar sendo protelado e procrastinado ¨ad infinitum¨ sob pena de todos caírem no descrédito. Que fiquem atendo os magistrados responsáveis pela presidência do feito.

DETRAN renovação de carteira.

É uma verdadeira indústria a renovação de carteira de habilitação por parte do DETRAN. Não deveria ser assim, afinal, se você tirou sua carteira é porque você é capacitado para tal. Renovar carteira é meio de vida, admito que até deveria colocar o habilitado para fazer prova e até exame prático, mas modificar a carteira, tirar uma nova, é puro oportunismo, é um mecanismo do Estado arrecadar. Discretamente procurei me informar e descobri que a empresa que presta o serviço é uma multi-nacional, certamente isso é porque não ficaria bem uma prestadora de serviço nacional, com endereço e CNPJ fazer a estorção. É uma burocracia insuportável, tem fila para todo tipo e gosto, tem agendamento para tudo e pagamento para tudo. O cidadão uma vez habilitado deveria receber sua carteira e acabou as exigências deveria ser feita uma única vez. Conforme a idade, com o passar do tempo, até concordo que um aferimento de capacitação, razoável, uma pequena taxa, sem burocracia, razoável!? Mas fazer uma nova canteira? De jeito nenhum. Isso não. Pode até ser legal, afinal isso quem aprova, cria e autorizam, são os legisladores (deputados estaduais), mas é imoral. Eles nos passam um atestado, eles nos assaltam. Por lá, são criadas todas as dificuldades para vender facilidades.