domingo, 2 de novembro de 2008

Os números da violência são preocupantes.

Campos dos Goitacazes fechou o mês com 29 homicídios, faltaram apenas dois para ser um a cada dia. É um índice muito alto mesmo para uma cidade de porte médio como a nossa. Essa tendência não é a de diminuir, muito ao contrário, com a crise econômica internacional, por causa dos juros e dólar, implica na diminuição de investimentos, conseqüente diminuição de emprego, conseqüente diminuição de impostos, conseqüente diminuição de investimento do poder público que gera a conseqüente baixa distribuição de renda e o conseqüente aumento da pobreza que traz a desagregação social e criminalidade.
Portanto não temos expectativa de dias animadores.

Barbosa x Barbosa = Continental x Difusora

A rádio Continental de propriedade de Diva e Aloyzio Barbosa (proprietários do Grupo Folha da Manhã) e a Campos Difusora de propriedade de José Antônio Barbosa Lemos parece que vão ter dificuldade de acertar suas contas, os primeiros apoiaram Arnaldo Vianna e o segundo apoiou Rosinha Garotinho. Barbosa Lemos pelos microfones de sua rádio Campos Difusora não tem poupado o Grupo Folha da Manhã e seus proprietários e as agressões de Barbosa Lemos já vem do tempo que antecede a campanha, ainda quando Garotinho deixou a rádio Diário FM naquele teatro conturbado, Barbosa Lemos, na época colocou os microfones da Campos Difusora a disposição do ex-governador. Barbosa Lemos tem sido cada dia mais agressivo com os Barbosa da Folha da Manhã.
No fundo, no fundo a briga entre os dois se prende exclusivamente a verba de mídia paga pelo poder público, vai ser difícil de acomodar porque Barbosa o Lemos que chegou primeiro na campanha vitoriosa não vai querer dividir e não dividindo o restante do complexo do Grupo Folha, fica no prejuízo, fica no caritó, vai ser uma briga ¨bonita¨.

Piada própria para o momento.

Dizem ser verídica.
Contam que quando Tancredo Neves se elegeu governador de Minas Gerais e iniciou o período de escolha de seus secretários, um amigo que estava querendo ser agraciado com um cargo e não via seu nome ser ventilado, ansioso, abordou o governador eleito e disse:
Governador! Estão dizendo por ai que o senhor me convidou para ser seu secretário. O que eu falo para eles?
E o governador placidamente respondeu: Diz para eles que eu te convidei e que você não aceitou...

Os que dificilmente terão cargos no governo Rosinha.




Obviamente além dos adversários e os demais ilustres e insignificantes mortais, tem outras pessoas que mesmo sendo importante no processo político da família Garotinho que não devem aceitar cargos e secretarias neste governo, vejamos quem são:
Doutora Rosely Pessanha que foi mensageira de Garotinho num convite ao vereador Marcos Barcelar e teve muita visibilidade como advogada da campanha, apesar de ter sido secretaria particular de Rosinha Garotinho quando governadora.
Desembargador Francisco Pessanha marido da doutora acima, por questões obvias não aceitará cargo aqui, homem importante na campanha e no governo do estado dos Garotinhos é muito mais importante no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro do que aqui.
Conselheiro Jonas Lopes de Carvalho Junior cunhado do desembargador e irmão da doutora ambos acima não se deslocará por questões obvias é peça fundamental no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.
Aos baba ovo e puxa sacos de plantão e aos que estão correndo atrás de uma boquinha, aba ou carguinho esses são os caras com influência e possibilidade de conseguir algo. Corram na frente porque se deixar para corre atrás vão chegar atrasado.

Paulo Hirano deverá ser o novo Secretário de Saude do Município.

Neste momento a pasta municipal mais cobiçada é a da Saúde, ela tem um orçamento maior do que muitos outros municípios da redondeza, por lá já passaram Arnaldo Vianna e Alexandre Mocaiber que virara prefeitos, sem contar com Wilson Cabral que virou deputado estadual. Por que seria hem?
Nem por isso a saúde do município é boa, nem a saúde pública e nem a administrativa.
Correndo no páreo para chegar a secretaria estão:Edson Batista vereador que não conseguiu se eleger, certamente espera como prêmio de consolação pelo sua eterna fidelidade neste 8 anos em que os Garotinhos ficaram fora do poder municipal. Mas perdeu o mandato e deverá ter um outro prêmio de consolação.
Herbert Sidney Neves empresário do ramo da saúde que envolvido numa contenda familiar o posto daria prestigio e visibilidade, mas parece que não interesse talvez a secretaria de Saúde do Estado, essa sim, a da cidade é muito pouco. Foi um aliado de final de caminhada. E também já foi inimigo público de Garotinho quando este prefeito.
Chicão o vice-prefeito, tem o perfil, mas certamente não aceitará, é muito ético, digno e elegante e sabe que não é o seu lugar, uma vez que já ocupa o lugar que seria de Hirano que queria tanto.
Paulo Hirano esse sim, esse é o cara, aliado de primeira hora, chegou a ser o vice da chapa, e foi defenestrado pelo partido dos Democratas, espera que o vice não aceite o cargo. Hirano que é paulista e descendência Oriental veio pra Campos fazer faculdade e constituiu família, é um dos mas prováveis porque tem o apoio de seu amigo e grande colaborador da campanha de Rosinha, Carlos Alberto Faria.
Tem outros médicos que deram apoio mas são menos cotados e certamente ficaram com o Ferreira Machado, HGG e Hospital São José e outras diretorias.

Dificilmente não será Paulo Hirano, só se ele não quiser, mas ele vai querer.

Folha da Manhã terá que rever seus conceitos...

A política local deixou de ser primeira página no jornal Folha da Manhã há quem diga que o matutino esta hibernando e que conversações e negociações já começaram nos bastidores. Segundo informação que tive por e-mail que recebi de Mary Help (minha informante e colaboradora para assuntos da PMCG) me contou que tem financiador da campanha vitoriosa que é amigo intimo da proprietária do jornal dos tempos em que financiava a campanha política de seu parente que esta eleição ficou do outro lado. Segundo Mery este empresário será o elo entre o jornal e os vitoriosos. Mas os números de motivos jamais serão os mesmos...

Vem aí a guerra fria.

Começa na próxima semana a verdadeira guerra fria com relação a transição de governo no município. Não poderia ser de outra forma. Com a vitória de Rosinha Garotinho as mágoas ainda estão muito recentes, as seqüelas deixadas pelo período dos 43 dias de Roberto Henriques também ainda estão evidentes. Os ataques deferidos pelo jornal Folha da Manhã são feridas que ainda estão abertas. Mas segundo Modesto Oiparal (meu informante para assuntos referente a família Garotinho) a prefeita eleita tem um compromisso com a população de mostrar tudo com a maior transparência. Oiparal me disse: ¨A prefeita Rosinha vai colocar os intestinos da prefeitura para fora...¨.
Roberto Henriques já faz barulho e ameaça caso o prefeito Alexandre Mocaiber não repassar as informações dentro do prazo determinado pela Lei Orgânica do Município, recorrer a Justiça, só que Henriques esta esquecendo que terá que suar camisa porque a Justiça esta em greve.

Começa a especulação dos nomes.



O jornal Folha da Manhã de sábado publicou na coluna Ponto Final que a prefeita eleita já teria escolhido os titulares de duas das suas secretarias, a de governo iria para Roberto Henriques e a de Esporte para Paulo Feijó.
Henriques no governo, fica até um novo desentendimento com o marido de Rosinha Garotinho com que já ficou rompido durante um logo tempo, só tendo voltado ao convívio por ter ficado sem espaço no PDT quando brigou com Ilsan e Arnaldo Viana.
Feijó no Esporte não é novidade, a secretaria já era sua cota no governo Mocaiber e é uma forma de Feijó se vingar de sua cria Ivanildo Cordeiro que preside a Fundação do Esporte motivo da briga pública entre o criador e a criatura que deixou seqüelas para todos os lados. Feijó não perdoa Cordeiro de quem quando fala se vê a mágoa e outros sentimentos menores e certamente vai fazer tudo para que Cordeiro encerre aqui sua meteórica trajetória política. Feijó no governo é Cordeiro fora do governo durante os 8 anos que estão por vir.
O que se espera é que a Prefeita eleita pare com a ¨velha guarda¨ por ai (velha guarda no sentido de políticos viciados e já manjados) que ela renove o plantel, trazendo pessoas novas e não reconduza velhos companheiros de 20 anos atrás quando chegou ao poder.