terça-feira, 24 de março de 2009

Seção da Câmara Municipal.

Ainda continua em andamento a seção da Câmara Municipal aqui em Campos.

Câmara Municipal ainda reunida.

O verador Marcos Barcelar pediu a palavra e foi a tribuna e desancou adjetivos pouco elogiosos com referência a Garotinho e mais uma vez não teve a defesa de seu irmão Nelson Nahim presidente da casa. Mais uma vez Barcelar partiu para cima e chamou Garotinho para a briga.

Reunião da Câmara.

Vereador Bispo Vieira Reis solicita paz em seu discurso no plenário da Câmara Municipal. O presidente da casa esta conduzindo a seção bastante contrido, um ar contraido, semblante aborrecido. Esta reunião de hoje não vai terminar. Ao que tudo indica, na montagem da base de governo, Garotinho errou ou já se arrependeu. Abdu Neme esta falando em nome do PSB e esta falando grosso, esta pedindo respeito ao desgoverno de Alexandre Mocaiber e ao próprio prefeito, como se tivesse moral para tanto. Esta ameaçando sair da coligação e falando como lider do partido PSB. É um absurdo, cada povo tem o político que merece.

PMDB estadual.

O PMDB estadual é presídio pelo ex-governador Garotinho que dificilmente permanecerá na sigla. Agora mesmo Sérgio Cabral já se lançou candidato a reelição ao governo do Estado e fechou de vez as portas do partido para Garotinho ao lançar Jorge Picciani a candidato ao Senado Federal, inviabilizando qualquer possibilidade de acordo. Quem esta se deixando usar é a prefeita Carla Machado que tem recebido Sérgio Cabral e onde foi feito o lançamento do presidente da Assembléia Legislativa. Carla para se eleger em seu primeiro mandato, teve o apoio político e financeiro do casal Garotinho que foram fundamentais em sua eleição, agora o que os Garotinhos certamente esperam é que não sejam traídos. Mas como em política tudo é válido, é aguardar para ver.

Programa de sábado 2

Queiram ou não queiram, gostem ou não gostem dele, toda a cidade estava sintonizada na rádio O Diário, parece que uma rede de informação aconteceu, as pessoas ligavam umas para as outras avisando o que estava acontecendo e assim a coisa foi se construindo. Taxistas, frentistas enfim, toda a população ouviu o programa de sábado que foi líder de audiência o que deixava o apresentador Garotinho em êxtase.

Programa de sábado 1

Os fatos acontecidos no último sábado no programa Fala Garotinho, na rádio O Diário, com referência a CPI da Campos Luz na Câmara Municipal deixou sobre maneira o presidente da casa (vereador Nelson Nahim) em situação sofrida para dizer o mínimo. Garotinho conduziu o programa que normalmente terminaria ao meio dia mas só acabou quando já passava das quatro horas da tarde, deixando claro para os ouvintes que se sentiu trado: Primeiramente quando foi ofendido e achincalhado por Marcos Barcelar em seção da Câmara e não teve a defesa de seu irmão Nahim e em segundo lugar quando ao que tudo indica existiu reunião de acordos com Alexandre Mocaiber com relação a CPI, sem sua autorização e o seu conhecimento. Garotinho, presidente estadual do PMDB, durante mais de duas horas, aos poucos e com uma habilidade que não é de costume, foi desconstruindo didática, paulatina e publicamente a possível ¨mentira e/ou traição¨, deixando evidente que sabia muito mais do que estava perguntando. A reunião entre os interessados, com a declaração do vereador Jorge Rangel do PSB, ficou clara que existiu e teve o conhecimento de Nelson Nahim presidente da Câmara Municipal, irmão de Garotinho, cunhado da prefeita Rosinha, Nahim não foi poupado e em sua fala não convenceu nem a Garotinho e muito menos aos ouvintes. O vereador Jorge Magal chamou Nahim de ¨mentiroso¨ que depois trocou por ¨erro¨, mas chamou. Mas essa estória não termina ai...

Reunião de terça na Câmara Municipal.

São 18h e 30m e a seção da Câmara Municipal foi prorragada por mais duas horas atendendo a um requerimento do vereador Abdu Neme.