terça-feira, 24 de março de 2009

Programa de sábado 1

Os fatos acontecidos no último sábado no programa Fala Garotinho, na rádio O Diário, com referência a CPI da Campos Luz na Câmara Municipal deixou sobre maneira o presidente da casa (vereador Nelson Nahim) em situação sofrida para dizer o mínimo. Garotinho conduziu o programa que normalmente terminaria ao meio dia mas só acabou quando já passava das quatro horas da tarde, deixando claro para os ouvintes que se sentiu trado: Primeiramente quando foi ofendido e achincalhado por Marcos Barcelar em seção da Câmara e não teve a defesa de seu irmão Nahim e em segundo lugar quando ao que tudo indica existiu reunião de acordos com Alexandre Mocaiber com relação a CPI, sem sua autorização e o seu conhecimento. Garotinho, presidente estadual do PMDB, durante mais de duas horas, aos poucos e com uma habilidade que não é de costume, foi desconstruindo didática, paulatina e publicamente a possível ¨mentira e/ou traição¨, deixando evidente que sabia muito mais do que estava perguntando. A reunião entre os interessados, com a declaração do vereador Jorge Rangel do PSB, ficou clara que existiu e teve o conhecimento de Nelson Nahim presidente da Câmara Municipal, irmão de Garotinho, cunhado da prefeita Rosinha, Nahim não foi poupado e em sua fala não convenceu nem a Garotinho e muito menos aos ouvintes. O vereador Jorge Magal chamou Nahim de ¨mentiroso¨ que depois trocou por ¨erro¨, mas chamou. Mas essa estória não termina ai...

Nenhum comentário: