quinta-feira, 14 de abril de 2011

A chacina de Realengo no Rio.

Não adianta buscar culpados.
O acontecido em Realengo é uma fatalidade que só poderia ter sido evitada se tivesse vontade política.
O autor da chacina era um doente mental que não teve sua patologia diagnosticada a tempo.
Portanto o único culpado é o Estado (poder público) que não cumpriu seu dever constitucional que é prover a saude e a educação.
Se esses dois seguimentos estivessem funcionando acontento, o chacinador teria sua doença mental detectada e consequentemente estaria sobre controle médico e os fatos não seriam esses e doze famílias não teriam perdidos seus jovens.
E quem representava o Estado do Rio de Janeiro nesses últimos 12 anos?
Garotinho.
Garotinho é o grande responsável por essa chacina. São 12 anos no governo do Rio ( 4 dele, 4 de Rosinha e 4 de Cabral que Garotinho usando a máquina, apoiou, elegeu e se ele hoje não é bom, foi Garotinho quem nos enganou).
Se tivessem nesses 12 anos endireitado a saúde pública, o chacinador que morreu com 23 anos, teria seu tratamento iniciado aos 11 anos de idade (tempo hábil não para ser curado, mas para ter sua doença controlada).
Garotinho é o culpado porque foi na gestão de Rosinha que ocorreu desvios na Secretaria de Saude (esse desvio é o que veio a público, foi descoberto) tendo sido levada a prisão por 47 dias a subsecretária dra. Alcione Oliveira Atahyde (irmão do atual vice prefeito dr. Chicão e prima legítima de Garotinho), assim como outros gestores foram presos e ainda respondem processo.
Fora outros desvios na saúde como o das ONG's.
Queiram ou não gostem ou não, Garotinho é o grande responssável por tudo isso, porque é ele que foi o governador, foi ele quem elegeu Rosinha e foi ele quem nos apresentou Sérgio Cabral como o melhor substituto.
Sérgio Cabral só não serve agora, por que não deixou o casal Garotinho governar, assim virou ruim, mas Garotinho nos apresentou como bom.
Portanto responsável pela chacina de Realengo chama-se Garotinho.
Portanto não foram 12 mortos, 12 vítimas, foram 13. O chacinador Welligton também foi uma vítima.
Vítima do sistema, do Estado que tem uma saúde e uma educação falida...

PS: Um amigo ligou e disse que escrevi errado, por isso endireitei... errei... e vou errar outras vezes... ainda bem que alguém esta lendo... Não é justo colocar a culpa no corretor ortográfico. kkk

Diga-me com quem andas e eu te direi quem és...

Alberto Dauaire é o que esta em primeiro plano de camisa escura.

Betinho Dauaire esta se atrelando a Garotinho.
Não tem muito tempo Garotinho falava horrores a respeito da família Dauaire.
Betinho se esqueceu muito rápido o fato de Garotinho tirar a família Dauaire do PMDB.
O patriarca Alberto (deputado estadual se não me falha a memória por oito mandatos) não merecia ter que sair do PMDB da forma que as coisas aconteceram.
Alberto não era dono do PMDB mas estava no partido desde sua fundação após a revolução e não merecia sair pela porta dos fundos.
Alberto é respeitado como político e como homem.
Agora Betinho em nome da tentativa de se candidatar a uma prefeitura, esta passando uma borracha no passado recente e esta aliado a Garotinho que sempre foi seu detrator.
O que deve esta passando e pensando Alberto Dauaire?
Betinho já viu que já levou uma rasteira...
Não esta livre de passar por outra...
Todo cuidado é pouco...

O dízimo... vão brigar... glória Jesus...

Roberto Henriques quer prestação de contas do partido PR em Campos.
RH sabe o que esta pedindo.
É que desde que Rosinha entrou na prefeitura, as contribuições (10% ou 20%) vem sendo descontado dos cargos de confiança (mais de 900) em nome do PMDB, mas na realidade vai para os c0fres do PR.
Com isso esta sendo praticado uma irregularidade e uma ilegalidade.
Roberto sabe o que esta fazendo, ele conhece do assunto, só que RH que esteve na Secretaria de Governo até bem pouco tempo, RH é coautor de tudo isso.

AMARELÃO


Garotinho é temido. Ele não é respeitado, é temido.
O PMDB de Campos amarelou.
Faltou coragem. Por muito menos Garotinho suspendeu o lider do partido dele (PR) na ALERJ.
Já ao PMDB não teve coragem de fazer nada com Rosinha.
Muito ao contrário, fez o que ele queria e precisava.
Desligou, desfiliou ela do partido.
Na prática isso quer dizer que ela a partir dai pode se filiar aonde ela quiser.
PMDB A M A R E L O U essa é a verdade.

AMPLA


A pior prestadora de serviço da região.
A campeã de reclamações no PROCOM, ao ponto de ter acento fixo nas 5.ª feiras.
Esta com uma parceria com a Prefeitura Municipal de Campos dos Goitacazes.
A AMPLA esta querendo posar de boazinha e esta promovendo evento Conciência Ampla Cultural no Trianon.
A prestadora de serviço pratica uma série de irregularidades e de irresponsabilidade com a população da cidade e em seguida quer fazer média.
Não somos os únicos, ela faz isso em outros municípios como pode ser visto na foto.
Não é momento da prefeita fazer parceria com quem descumpri com seus deveres para com os munícipes.
Muito ao contrário, é hora da prefeita tomara providências.
Ficar ao lado do povo que ela sempre diz defender. É chegado o momento.
Estamos todos ansiosos esperando.
A população deve ficar atenta e recorrer a JUSTIÇA sempre que a AMPLA praticar as irregularidades e arbitrariedade.
Vamos a luta... ainda que isolados e desamparados...

Escuta telefônica



Garotinho esta estrilando... Além de esbravejar no plenário da Câmara Federal, segundo ele próprio em seu blog, disse que foi reclamar com o Ministro da Justiça de que a Polícia Federal abriu escuta de sua mulher a prefeita da cidade e os secretários dela.
Ora a PF não é irresponssável ao ponto de escutar sem autorização judicial e a Justiça só autoriza com fundamentos.
Se escutou clandestinamente, não tem valor.
E tem mais. Garotinho esta reclamando de que? Ele que é um político que se auto denomina sério, que aponta o dedo para todo mundo, esta com medo de que?
Ele devia ser o primeiro a autorizar a quebra de seus direitos.
Porque foi chorar direto no colo do Ministro da Justiça?
Não se espantem, se uma vez pego pelo pé, Garotinho inicie uma nova greve de fome...