quinta-feira, 14 de abril de 2011

A chacina de Realengo no Rio.

Não adianta buscar culpados.
O acontecido em Realengo é uma fatalidade que só poderia ter sido evitada se tivesse vontade política.
O autor da chacina era um doente mental que não teve sua patologia diagnosticada a tempo.
Portanto o único culpado é o Estado (poder público) que não cumpriu seu dever constitucional que é prover a saude e a educação.
Se esses dois seguimentos estivessem funcionando acontento, o chacinador teria sua doença mental detectada e consequentemente estaria sobre controle médico e os fatos não seriam esses e doze famílias não teriam perdidos seus jovens.
E quem representava o Estado do Rio de Janeiro nesses últimos 12 anos?
Garotinho.
Garotinho é o grande responsável por essa chacina. São 12 anos no governo do Rio ( 4 dele, 4 de Rosinha e 4 de Cabral que Garotinho usando a máquina, apoiou, elegeu e se ele hoje não é bom, foi Garotinho quem nos enganou).
Se tivessem nesses 12 anos endireitado a saúde pública, o chacinador que morreu com 23 anos, teria seu tratamento iniciado aos 11 anos de idade (tempo hábil não para ser curado, mas para ter sua doença controlada).
Garotinho é o culpado porque foi na gestão de Rosinha que ocorreu desvios na Secretaria de Saude (esse desvio é o que veio a público, foi descoberto) tendo sido levada a prisão por 47 dias a subsecretária dra. Alcione Oliveira Atahyde (irmão do atual vice prefeito dr. Chicão e prima legítima de Garotinho), assim como outros gestores foram presos e ainda respondem processo.
Fora outros desvios na saúde como o das ONG's.
Queiram ou não gostem ou não, Garotinho é o grande responssável por tudo isso, porque é ele que foi o governador, foi ele quem elegeu Rosinha e foi ele quem nos apresentou Sérgio Cabral como o melhor substituto.
Sérgio Cabral só não serve agora, por que não deixou o casal Garotinho governar, assim virou ruim, mas Garotinho nos apresentou como bom.
Portanto responsável pela chacina de Realengo chama-se Garotinho.
Portanto não foram 12 mortos, 12 vítimas, foram 13. O chacinador Welligton também foi uma vítima.
Vítima do sistema, do Estado que tem uma saúde e uma educação falida...

PS: Um amigo ligou e disse que escrevi errado, por isso endireitei... errei... e vou errar outras vezes... ainda bem que alguém esta lendo... Não é justo colocar a culpa no corretor ortográfico. kkk

Nenhum comentário: