quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Prefeitura x eleições

//A senhora prefeita Rosinha Garotinho tem razão.//

//O governo precisa andar.//

//Ela esta atenta.//

//Ela tem compromisso com a população e especialmente com o marido.//

//Precisa elegê-lo governador em 3 de outubro de 2010, de preferência no primeiro turno//

//Na campanha de 2008 onde ela saiu vitoriosa, Garotinho foi o grande coordenador.//

//Agora o mínimo que ela pode fazer é apoiá-lo por inteiro.//

//Mas não é isso que esta acontecendo dentro do governo municipal.//

//Também aqui existe o fogo amigo.//

//A fogueira das vaidades.//

//Os oportunistas e abajuladores de plantão.//

//Tem vários candidatos com cargo de confiança, que estão cuidado de si e esquecendo o governo como um todo.//

//Se o município não estiver muito bem administrativamente, certamente vai redundar em prejuízo eleitoral para Garotinho.//

//O adversário vai ganhar munição.//

//O pior de tudo é que os problemas tem sido trazido pelos antigos aliados.//

//Velhos colaboradores já cheio de vícios e maus costumes.//

//A prefeita esta de olho, ela esta atenta e o Garotinho também.//

//Portanto não se espantem se cabeças venham a rolar.//

//E não são poucos, pelo menos 3, nesse primeiro momento.//

//Vamos aguardar...//

Receita Federal

//Devo não nego, pago quando puder.//

//Esse é o lema da Receita Federal.//

//O governo Federal alegou problema de caixa, queda na arrecadação.//

//E ameaçou não pagar esse ano a restitiuição do Imposto de Renda.//

//Essa restituição nada mais é que uma retenção antecipada.//

//Você paga o imposto antecipado e se você provar que usou ai sim você recebe ele de volta mais com baixíssimo reajuste.//

//O berro foi grande.//

//O ministro Guido Mantega veio a público e disse que determinou que a Fazenda fizesse a restituição ainda esse ano.//

//Não é motivo de elogios, nem ao Governo, nem ao Ministro, ambos cumpriram com o seu dever.//

//Seriam alvo de critica, se assim não se comportassem.//

//A população que paga os impostos não tem nada com isso com referência a diminuição da arrecadação.//

//Na realidade, não foi arrecadação que diminuiu, é o governo que tem gasto demais.//

//O governo de Luiz Inácio aumentou e em muito o número de ministérios e de servidores, principalmente no Legislativo.//

//Tudo isso é custo pago pelo contribuinte.//

//É o meu o seu o nosso dinheiro que banca toda essa estrutura.//