sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Rádio O Diário

Amanhã assistam: Garotinho X Roberto Henriques.
Duvido que Roberto fique calado.
Quem viver verá.

Novela


A novela das 8h (que começa as 9h) da rede Globo, tem em Lazaro Ramos o maior garanhão. Em todos os capítulos que aparece vai para a cama com a atriz que contracena.
O negão tá podendo e ...

Todos eles gostam de agir assim.

É comum.

Todos os governos têm as intrigas palacianas.

Isso não é um privilégio e muito menos uma novidade nossa.

Mas aqui, as intrigas palacianas são públicas e grandes.

Nesse momento principalmente com relação a troca de secretariado.

O grupelho dos Garotinho, gostam, são estimulados e só sabem trabalhar assim.

Divulgando boatos, promovendo intriga, disseminar a discórdia, até entre eles mesmo.

Esta é forma de trabalhar. É o gosto de quem manda.

Bastaria que a autoridade maior desse um basta. Mas para isso tem que ter vontade. Querer.

Quem sai perdendo com isso é a administração pública e principalmente a população.

Pobre rica cidade de Campos dos Goitacazes-RJ.

O X da solução.

O lado social do grupo X de Eike Batista abre mais espaço para a formação e qualificação profissional. Recebi e-mail de Simone Rabelo e transcrevo a seguir:

OSX desenvolverá um Instituto Tecnológico Naval

Com o objetivo de educar e capacitar mão de obra dedicada aos postos de trabalho de sua Unidade de Construção Naval, a OSX empresa do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, com atuação na indústria naval, estrutura o Instituto Tecnológico Naval , ITN.

A expectativa é de no primeiro semestre desse ano sejam iniciadas as obras de construção de seu estaleiro no norte do estado do Rio de Janeiro e que, até 2013, sejam formados 7.800 técnicos especialistas em produção, inspeção e supervisão de equipamentos pelo ITN. O estaleiro da OSX prevê a geração de 3500 empregos diretos no período de construção e 10mil na operação.

Dentro do programa educacional que o ITN irá desenvolver, será dada ênfase às disciplinas necessárias para suprir as demandas operacionais imediatas do estaleiro.

O ITN funcionará em parceria com instituições de ensino reconhecidas no Brasil e no exterior, tendo como meta tornar-se referência para o ramo de construção naval do País. Além de gerar mão de obra qualificada para o setor, o Instituto também pretende promover projetos e pesquisas com foco na melhoria e na automatização de processos operacionais da área.

Sobre a OSX

A OSX é uma empresa do Grupo EBX com atuação integrada nos segmentos de construção naval, fretamento de unidades de exploração e produção (E&P) e serviços de operação e manutenção (O&M).

Roberto Henriques 2

Roberto já respondeu (foi no blog do Bastos na Folha ¨ on line ¨, se não respondesse, não seria Roberto.
Já disse que não vota na primeira filha (deputada estadual Clarisse) para liderança do PR na ALERJ.
Já vimos esse filme.
O proximo passo é Garotinho falando mal de Roberto e Roberto falando horrores de Garotinho (tudo que já sabemos). Em seguida quando tiverem interesses comuns, esquecem, perdem a vergonha e voltam a ficar junto.
É esperar para ver.

Roberto Henriques

Se for verdade que Roberto Henrique esta fazendo campanha contra a candidatura da primeira filha dos Garotinho para liderança do partido na ALERJ, não é novidade.

Roberto esta no seu direito e já vinha dando sinais deque seria assim. Na campanha, reclamou pela invasão de território, falta de apoio e principalmente falta de dinheiro por parte da família Garotinho.

Roberto brigou por sua candidatura e deu publicidade a briga durante a campanha.

Não fosse Nelson Nahim (que é Garotinho por sangue) então a frente da prefeitura interinamente, talvez Roberto não fosse eleito, se há alguma dívida, essa é com Nahim.

Mas... os Garotinho (todos) teem que se lembrar do velho e bom ditado: ¨ Em casa de enforcado não se fala em corda... ¨, que é a mesma: ¨ Em casa de ladrão, não se fala em roubo... ¨.

E bom mesmo Garotinho ficar achando que tudo não passa de fofoca, é melhor assim... Ta tudo em casa... São todos iguais... Ninguém mudou... Até bem pouco tempo Roberto Henrique falava publicamente horrores de Garotinho e toda família.