Pular para o conteúdo principal

Rosinha Garotinho VENCE, Arnaldo Vianna PERDE.

Já era esperado, as pesquisas anunciaram.
Rosinha quebrou a regra de que todo que vencia no primeiro turno perdia no segundo.
Um contingente eleitoral de eleitores esta lhe dando um voto de crédito e foi a ela tão somente, por isso ela teve que deixar Garotinho em casa.
Rosinha não esta levando um cheque em branco, mas sim um cheque que só esse mês foi depositado em conta mais de 53 milhões de reais.
O que se espera da prefeita eleita é que cumpra as promessas feitas em campanha.
Cumpra também o que não prometeu, governar para a população como um todo, esquecer de vez as picuinhas partidárias e pessoais, separar com justiça o joio do trigo e apurar tudo que for possível apurar, não poupando nada nem ninguém nas administrações anteriores.

Saem vitoriosos Rosinha e Garotinho.

Arnaldo Vianna volta a ser deputado federal, mas fica com a marca de que perdeu a eleição e perdeu a eleição sentado na cadeira, com a caneta cheia de tinta, com apoio do governo Federal e Estadual e com o apoio do partido do Presidente da república.
Arnaldo perde e muita gente perdeu com ele.
Mas porque perdeu?
Muitos foram os motivos nítidos e claros, mas como ensinar a um político como ele que há pouco mais de dois anos se elegeu deputado federal sub judice e esta até hoje cumprindo seu mandato e que também sub judice concorre a prefeitura, chegando até o final do pleito.
Arnaldo teve contra si, os dois piores cabos eleitorais possíveis, a mãe de seu filho Ilsan e o prefeito Mociaber, a primeira por ter ele abraçado a candidatura de vereadora e o segundo por não ter conseguido descolá-lo de sua imagem.
Agora é voltar para Brasília e terminar seu mandato.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SFI

O prefeito interino de São Francisco do Itabapoana, Frederico Barbosa Lemos, tem que ficar bem atento e não se deixar levar pela vaidade e liturgia do cargo de prefeito. Todo cuidado é pouco, principalmente com os abajuladores. Mas o cuidado maior tem que ser com suas contas que, se não tiver cuidado, vãos ser julgadas junto com as de Beto da Saúde, tudo como aconteceu com Roberto Henriques e Mocaiber. É importante que consiga separar o ¨joio¨ do ¨trigo¨. Com essa virada, é possível que o pai Barbosa Lemos volte a ser olhado com outros olhos...

Dr. Lourival Martins Beda

Um médico político, como deve ser, nessa ordem e não como tem sido: Político médico. Dr. Beda era humanitário e não mercenário, um homem de bem.