quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Entrevista de Paulo Feijó na rádio O Diário.

Uma mera coincidência, a nota postada ontem e hoje pela manhã Paulo Feijó acabou de dar entrevista na rádio O Diário FM e abaixo vai algumas de suas declarações:
Com relação a sua participação no governo Rosinha Garotinho, disse que Campos já fez muito por ele e que ele quer e colaborar, não quer nada, quer só ajudar a cidade.
Com relação a Garotinho ele disse que sempre foram adversários leais e que agora não comporta mais essa postura porque estão maduros.
Feijó disse que Arnaldo o traiu, ele ajudou muito e o grupo de Arnaldo não o prestigiou.
Vangloriou-se de ter sido por iniciativa dele que a Câmara Municipal foi renova em 30% se referindo aos vereadores Nildo, Álvaro e Ailton que ele via partido não deu vaga para a reeleição garantida dos mesmos.
Feijó disse que não teve dinheiro para fazer a campanha e que não iria se endividar e acha que ainda fez muito e que o programa dele foi muito bom.
Feijó disse ser um entusiasta da ida de Garotinho para o PSDB alegando ser um caminho acertado e assim o ex-governador vier trilhar para o seu futuro político a presidência da república.
Falou que sua participação na eleição última foi como cumprir uma missão.
Perguntado disse que esta muito animado para as eleições de 2010.
Confessou que ouviu dizer que ele levou dinheiro, (falou em 2, 3 milhões de Garotinho) mas que o que eles fizeram foi um acordo e em troca do apoio dado a candidatura eleita e seu grupo o apoiará a deputado estadual ou federal.
Que prefere ser candidato a deputado estadual, esta cansado de Brasília e que já fez muito por lá.
Feijó encerrou sua participação numa postura de ser o grande conciliador.
Falou, ta falado.

Nenhum comentário: