sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

O PT não tem como se justificar.

Atribuir a aliança com a candidatura Arnaldo Vianna ao objetivo de não permitir a ascensão do ¨casal Garotinho¨ é na pior das hipóteses, um grande equivoco. Garotinho, com seus correligionários, via rádio e especialmente o deputado Geraldo Pudim, tornaram público muito dos escândalos em que hoje o PT esta envolvido e muitos outros que ainda estão por vir. A aliança com o PDT não foi o grande pecado do PT, isso faz parte do processo democrático, o grande problema esta em ter participado e permanecido até o final do desgoverno de Alexandre Mocaiber. O PT praticou um pecado mortal e agora tem que pagar por isso. Quando ela alega: "Ninguém no partido tem bola de cristal para adivinhar o futuro. Depois da Telhado de Vidro, o PT devolveu todos os cargos na Prefeitura", mente e ainda que fosse verdade, já era tarde, o partido já estava contaminado.

Nenhum comentário: