sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Tenho vergonha de ser honesto...

“... DE TANTO VER TRIUNFAR AS NULIDADES.
DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA.
DE TANTO VER CRESCER A INJUSTIÇA.
DE TANTO VER AGIGANTAR O PODER NAS MÃOS DOS MAUS.
O HOMEM CHEGA A DESANIMAR DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA E
TER VERGONHA DE SER HONESTO...”

Este texto é de Rui Barbosa e apesar de antigo, é próprio e atual para o momento.

Nenhum comentário: