quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Ainda a sucessão presidencial.

Por outro lado o PSDB esta trazendo como candidato o governador José Serra. Serra já saiu candidato e perdeu para presidente, mas a situação do partido dos tucanos não é nada confortável, tem muitas arrestas a serem aparadas. O partido conseguiu selar um acordo com Geraldo Alckmin que também saiu candidato e perdeu para Luiz Inácio e agora Alckmin apóia Serra. Dentro do próprio a situação não é fácil, porque quem comanda o PSDB ainda que à distância, é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que tem voz ativa e forte. Os problemas do PSDB não terminam ai, um outro problemão é o governador mineiro Aércio Neves que gostaria de sair candidato pelo partido, mas tem um bom transito no governo petista de Lula e tem sido constantemente assediado pelo PMDB. Aércio que é de família tradicional mineira (neto do falecido Tancredo Neves), tem contra si, a dificuldade de não ser conhecido nacionalmente, o que consiste em uma grande barreira. Por outro lado o PSDB tem pensado em fazer de vice uma mulher para contrapor o discurso do PT com a Dilma, como todos podem ver, obstáculos não falta, o PSDB hoje é só problema.

Nenhum comentário: