quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A noiva cortejada...

Nessa disputa presidencial de 2010 entre os partidos tem uma noiva que vai ser muito cortejada e todos vão querer levá-la ao altar, mas o seu dote é muito alto e essa noiva sabre cobrar a conta, sabe se valorizar. Essa noiva é o PMDB que mais uma vez não deve lançar candidato próprio, quando muito a vice, mas isso se a situação for muito confortável para ganhar. O PMDB não é um partido de se arriscar, e a última vez que se arriscou foi com o dr. Wlisses Guimarães que chegou em quarto lugar, com um desempenho pífio. O PMDB não quer o cargo de presidente da república, eles querem continuar no poder, seja quem ganhar e conseguem isso porque é o partido mais organizado e maior da América Latina, tem diretório em mais de cinco mil municípios do Brasil. Esse é o cacife que o credencia a hoje ter no governo do PT seis ministérios e conseguir apoio para eleger o presidente da Câmara e do Senado até mesmo em detrimento de candidaturas do PT como foi agora a derrota de Tião Viana, senador petista do Acre que se candidatou. Portanto O PMDB será a grande e cobiçada noiva dessa próxima temporada.

Nenhum comentário: