sábado, 9 de maio de 2009

Garotinho.

Garotinho passou o dia de sexta-feira dando explicações. Sua permanência no PMDB não é impossível, mas é improvável e difícil, seu namoro político (almoço) com o PR causou ira no governador Sérgio Cabral e seus seguidores que deixaram vazar que caso o partido fechasse com Garotinho, os cargos de confiança que o partido ocupa no governo estadual seriam exonerados. Tudo isso faz parte do momento e é muito bom para o ex-governador Garotinho que além de se manter na mídia vai fazendo medição de sua popularidade.

Nenhum comentário: