domingo, 31 de outubro de 2010

Traição... Situação complicada...

Se for verdade a neutralidade de Garotinho com relação a eleição para presidente (ele não estaria apoiando nem Dilma e nem Serra). Assim sendo, ele ESTA SENDO TRAIDO PELOS SEUS CABOS ELEITORAIS MAIS PRÓXIMOS. Se realmente ele optou pela neutralidade, seus companheiros a começar pelo fiel escudeiro DEPUTADO FEDERAL GERALDO PUDIM. Pudim não podia ter declarado apoio em praça pública a candidata Dilma. Também não podiam estar fazendo boca de urna, os mais importantes e próximos companheiros de lutas eleitorais. Garotinho não mereceia tanta traição. Isso não se faz... . Garotinho não é merecedor de tanta traição. Isso deve ser armação dos adversários, coisa de inimigo querendo desetabilizar Garotinho. O pior de tudo: Pudim declarou apoio a Dilma e os demais companheiros de luta, sabe-se lá orientados por quem (?) estão pedindo voto para Serra. Vai que Serra perde e Dilma ganha? Como fica Garotinho?

Nenhum comentário: