quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Garotinho no Rio e em Brasília.



Garotinho não lidera o PR na ALERJ do Rio de Janeiro.



A maior prova de que Garotinho esta sem controle do PR regional é que na mesa diretora da ALERJ tem 2 deputados do partido com assento. Dos 9 deputados empossados, 8 votaram no presidente eleito Paulo Melo, somente quem não votou foi a primeira filha de Garotinho (ordens do papai), vai desfilar no bloco do eu sozinha.

Esta claro que Garotinho não controla, não manda e nem lidera o PR do estado do Rio de Janeiro. Todos os acordos para a mesa diretora passaram pelo governador Sérgio Cabral.

Neste rumo, a Garotinho só vai restar: Pedir para sair...


Garotinho não lidera o PR na Câmara dos Deputados Federais.


Não é verdade que Garotinho não aceitou a liderança da bancada do PR na Câmara dos Deputados. A verdade é que Garotinho não conseguiu ser líder. Não sendo líder, Garotinho é um deputado como outro qualquer, para falar na tribuna, tem que pedir, se inscrever e aguardar a vez. O PR não reconhece em Garotinho a liderança que ele vende ser. Os quase 700 mil votos que Garotinho teve aqui no estado não representa nada para o partido e nem para o congresso, o mandato dele, é igual ao que entro por último na lista de votos. Portanto Garotinho queira ou não, é mais 1 entre os 513 deputados federais empossados. Agora agüenta...



Nenhum comentário: