domingo, 10 de julho de 2011

Prefeito, Governador e Presidente

Quem se elege por voto popular para cargo público, tem o dever de administrar bem com ética, eficiência e transparência.
Nenhum gestor público faz favor em administrar bem, esse é o dever.
Impedir que a máquina administrativa não seja corrupta é um dever.
Agindo dessa forma, o gestor não é merecedor de elogio por cumprir com sua obrigação.
Ele será motivo de crítica se assim não proceder.
Agora querer aplauso porque abre agência de banco privado no distrito de Morro do Coco, ai é muito forte.

Nenhum comentário: